Arquivo de maio, 2013

Quibe de Abóbora

Publicado: maio 31, 2013 em Alimentação, Bebidas

Quibe de abóbora

” Ingredientes:

. 1 xícara (chá) de trigo para quibe
. 1/2 unidade de abóbora moranga cortada em pedaços grandes
. 6 colheres (sopa) de azeite
. 1/2 xícara (chá) de cebolinha verde picada
. 1/2 xícara (chá) de salsa picada
. 1/2 xícara (chá) de hortelã picada
. 150 g de mussarela ralada
. Sal a gosto

 

Modo de Preparo:

Deixe o trigo de molho em duas xícaras (chá) de água morna por duas horas. Escorra e esprema bem para eliminar o excesso de água. Cozinhe a abóbora  sem casca  no vapor até ficar macia, mas ainda firme. Numa tigela, misture o trigo com cinco colheres (sopa) de azeite. Junte a abóbora e misture. Acrescente a cebolinha, a salsa e a hortelã. Tempere com sal e misture bem até a massa ficar lisa. Ponha metade da massa em uma assadeira pequena antiaderente untada com azeite. Por cima, disponha a mussarela. Cubra com a massa reservada e pincele com o azeite restante. Asse no forno, preaquecido, em temperatura média por 30 minutos ou até dourar ligeiramente. Retire do forno, decore com hortelã e sirva.

 

Tipo de prato: Prato principal

Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)

Rendimento: 6 porções

Dificuldade: Médio

Categoria: Assado

Calorias: 369 por porção

Fonte: Receita retirada do Portal MdeMulher no dia 31 de maio de 2013:

http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-quibe-abobora-638478.shtml

(…)

Os especialistas apontam diversos benefícios do orégano para o organismo. Ele é um estimulante para o estômago, especialmente nos casos de perda do apetite, dificuldade de digestão ou gases. Além disso, é ótimo para cólicas. Expectorante, ajuda especialmente nos casos de bronquite ou asma. Suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias também são bastante importantes.

De acordo com Flávia Morais, coordenadora da área de nutrição (…) estudos têm mostrado que o orégano possui propriedades antimicrobianas, antifúngicas e antioxidantes, auxiliando na prevenção do envelhecimento precoce que, quando se instala, traz diversos males. (…)

O orégano também atua em outras vias. “Ele pode ser coadjuvante no tratamento de disbiose intestinal e de candidíase, além de estimular o sistema imunológico“, observa Flávia. Os mais antigos fazem uso do chá de orégano para tratar tosse, dor de cabeça de origem nervosa, irritação e para aliviar enjoo do mar.

Para os diabéticos, uma boa notícia: há estudos que indicam o orégano como um bom alimento para esses pacientes pois contem ácido rosmarínico. “Esse componente tem efeito protetor, auxiliando o organismo a se defender das complicações do excesso de açúcar no sangue que ocorre no diabetes. Ele também protege rins e artérias“, diz Accursio.

O orégano pode ser consumido de diversas maneiras. “Na forma de óleo temos maior concentração dos óleos essenciais e dos compostos bioativos”, explica Flávia Morais. Dizem por aí que o óleo do orégano é um purificador muito potente que fornece muitos benefícios para a saúde humana. Os dois componentes responsáveis por muitos benefícios do orégano são carvacrol e timol. Pesquisas demonstram que estes dois compostos podem inibir o crescimento de bactérias, vírus e fungos, que é a principal causa de muitas doenças em seres humanos. “Elas são substâncias de ação antioxidante, anti-inflamatória e estimulante da resposta imune, respectivamente”, diz a nutricionista.

Pesquisas norte-americanas também apontam o óleo como excelente no tratamento de diversos tipos de cânceres. “O carvacol tem atividade anticâncer via inibição da inflamação celular que induz a doenças degenerativas e câncer. Há provável efeito protetor contra câncer de mama, pele, próstata e intestino grosso“, explica Accursio. No entanto, o nutrólogo ressalta que o orégano nunca foi proposto como tratamento: é só mais uma via de estudo e orientação dietética.

Apesar de bastante saudável, o especialista ressalta um ponto negativo em relação ao óleo de orégano: o preço. “Ele é mais caro que o tempero ou extrato de orégano”. O que fazem na indústria de alimentos e misturá-lo ao azeite. “O óleo de orégano ajuda a conservar o azeite quando misturado a ele”. De acordo com o especialista, quente, o óleo de orégano libera ainda mais as propriedades.

Já quem opta por consumi-lo fresco, in natura, também leva diversas vitaminas e muitos nutrientes. A erva é uma excelente fonte de ferro e manganês e também possui quantidades consideráveis de cálcio, vitamina C, vitamina A, ômega-3, ácidos graxos e fibras.

Há, ainda, a forma mais corriqueira para consumo: a seca. Encontrado facilmente nos supermercados, o orégano seco é muito usado em pizzas. Mas pode ser aproveitado em diversas receitas, assim como o fresco. Muita gente têm o costume de deixar o orégano descansando em óleo de canola ou azeite extra virgem, para que suas propriedades sejam transmitidas ao azeite e melhor absorvidas pelo organismo.

(…)

Fonte: Informação retirada do Portal Yahoo no dia 20 de maio de 2013:

http://br.mulher.yahoo.com/gano-muito-al-m-aroma-190900554.html

Pastelzinho de maça e nozes

” Ingredientes:

· 6 xícaras (chá) de farinha de trigo
· 2 colheres (chá) de sal
· 200 g de queijo catupiry
· 1/2 xícara (chá) de manteiga sem sal
· 4 gemas
· 4 ovos
Recheio:
· 10 maçãs sem casca
· 4 xícaras (chá) de água
· 3 colheres (sopa) de açúcar
· 2 colheres (sopa) de manteiga
· 3 paus de canela
· 1/4 de xícara (chá) de nozes picadas
· 1 gema batida (para pincelar)

 

Modo de Preparo:

Numa tigela, peneire a farinha e o sal. Junte o queijo, a manteiga, as gemas e os ovos. Misture e deixe a massa descansar por 10 minutos.
Recheio:
Tire a semente da maçãs e corte em cubos. Leve ao fogo com a água, o açúcar, a manteiga e a canela. Cozinhe por 15 minutos. Apague o fogo e deixe esfriar para juntar as nozes. Abra a massa com ajuda do rolo e corte-a com o cortador de 10 cm. Ponha 2 colheres (sopa) de recheio e feche como um pastel. Pincele o ovo e asse até dourar. Polvilhe o açúcar.

Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)

Rendimento: 50 porções

Dificuldade: Fácil

Categoria: Assado

Calorias: 161 por porção

Fonte: Receita retirada do Portal MdeMulher no dia 30 de maio de 2013:

http://mdemulher.abril.com.br/culinaria/receitas/receita-de-pastelzinho-maca-nozes-553882.shtml

(…) alguns alimentos auxiliam no controle do acúmulo dos líquidos, pois têm propriedade diurética, ou seja, ajudam no funcionamento dos rins. (…) De acordo com a nutricionista Vanessa Naddaf, os rins são responsáveis por filtrar e eliminar as toxinas do organismo. (…) “Dê preferência o consumo destes produtos in natura (crus), na forma de sucos ou chás. Assim, a pessoa aproveitará todas as propriedades destes alimentos”, explica a nutricionista.

Abacaxi: é indicado para tratar má digestão, beneficia o aparelho urinário, a pressão arterial, artrite, bronquite, tosse e obesidade. A bromelaína, enzima presente no abacaxi, ajuda na digestão, e ainda pode ser eficaz para dissolver coágulos sanguíneos.

Água de Coco: (…) ajuda a reduzir colesterol, reduz a pressão arterial, desidratação, diarréia, trata úlcera estomacal e depura o sangue.

Melancia: ajuda a amenizar os sinais de envelhecimento, previne contra o câncer, auxilia na eliminação de ácido úrico, além de limpar o estômago, intestino e ajuda a reduzir a obesidade.

Cenoura: estimula o metabolismo, carrega minerais que ajudam na eliminação dos excessos de líquidos no organismo.

Pepino: o pepino é diurético e ajuda a eliminar o excesso de acido úrico. É muito bom para a pele e o envelhecimento.

Salsa: a salsa é anticancerígena, alivia dores de estômago e ajuda na eliminação de gases. É diurético, elimina o excesso de líquidos, da celulite, inflamações das vias urinárias e cálculos renais.

Beterraba: é muito boa para combater anemia, perda excessiva de líquidos e problemas de fígado.

Dente de leão: usado nos casos de diabetes, hemorróidas, gota, artrite, ajuda aliviar a retenção de líquidos e reduz a hipertensão arterial.

Melão: ajuda na desintoxicação alimentar, males dos rins, é um hidratante, também auxilia contra a obesidade.

Fonte: Reportagem retirada do Portal Uol no dia 29 de maio de 2013:

http://boaforma.uol.com.br/album/1108_alimentos_evitam_reter_liquidos_album.htm#fotoNav=1

Quadradinhos de Legumes

Publicado: maio 29, 2013 em Alimentação, Receitas

Ingredientes:

1 Unidade(s) de couve-flor pequena cozida (somente as flores)

1 Unidade(s) de maço de brócolis pequeno (só os buquês)

3 Cubo(s) de caldo de legumes Knorr Vitalie

2 Litro(s) de leite

1 Unidade(s) de cenoura média ralada no ralo grosso

3 Xícara(s) de farinha de milho amarela

queijo parmesão ralado (para povilhar) a gosto

óleo (para untar) a gosto

 

Modo de Preparo:

1. Preaqueça o forno em temperatura média (180 °C).

2. Unte uma assadeira média (33 x 23 cm). Reserve.

3. Em uma tigela, junte a couve-flor, os brócolis, esfarele 1 cubo de caldo de legumes Knorr Vitalie esfarelado por cima, misture e reserve.

4. Em uma panela média, coloque o leite, a cenoura e o restante dos cubos de caldo de legumes Knorr Vitalie esfarelados. Leve ao fogo médio até ferver.

5. Junte de uma só vez a farinha de milho e mexa até engrossar e começar a desgrudar da panela.

6. Espalhe na assadeira reservada, cubra com a couve-flor e o brócolis.

7. Pressione com as costas de uma colher, polvilhe o queijo ralado

8. Leve ao forno por 25 minutos ou até dourar levemente.

9. Retire do forno e reserve até esfriar.

10. Corte em quadrados e acomode em forminhas de papel.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: de 30 minutos a 1 hora “

Fonte: Receita retirada do Portal Recepedia.com no dia 29 de maio de 2013:

http://br.recepedia.com/pais/receita/quadradinhos-de-legumes

AMÊNDOAS – As amêndoas têm proteínas e fibras, além de vitamina E, um poderoso antioxidante. Fonte de magnésio, mineral que ajuda o corpo a produzir energia e a manter os tecidos musculares, o alimento também regula o açúcar no sangue e contribui para maior sensação de saciedade. Mas o que torna a amêndoa ainda mais indicada para quem deseja um abdome sequinho é a habilidade de bloquear calorias. De acordo com estudos, a composição das células da casca ajudam a reduzir a absorção de gorduras. Especialistas recomendam 23 unidades por dia, o que resulta em um total de 160 calorias.

OVO – Não há melhor fonte de proteína do que os ovos. O alimento tem aminoácidos essenciais para o corpo responsáveis por manter os músculos. Segundo pesquisadores do Pennington Biomedical Research Center, pessoas que comem ovos no café da manha sentem menos fome durante o dia que os que comem carboidratos complexos, como pães. O ideal é consumir um ovo por dia, exceto quem tem colesterol alto.

SOJA – A soja é uma fonte de antioxidantes, fibras e proteínas. Um estudo publicado no “Journal of the American College of Nutrition” revelou que pessoas acima do peso que tomavam shakes para emagrecer à base de leite de soja perderam mais peso do que os que consumiam shakes feito com leite. Para ter os benefícios da soja, especialistas recomendam o consumo de meia xícara, que corresponde a 130 calorias e 11 gramas de proteína.

MAÇÃ – A maçã contém fibras e água que ajudam a promover maior sensação de saciedade. Um estudo publicado na revista “Nutrition” mostrou que os participantes que consumiam três maçâs por dia durante três meses emagreceram mais em comparação aos que seguiam a mesma dieta, mas comiam cookies de aveia nos lanches. Além disso, a fruta também tem quercetina, componente que ajuda a combater certos tipos de câncer e reduz o colesterol. Para obter os benefícios da fruta é preciso ingerir de uma a duas maçâs por dia.

BLUEBERRY – O mirtilo (ou blueberry) é uma fruta rica em fibra, nutriente importante para quem está dieta, pois as fibras são responsáveis por regular o trânsito intestinal. A fruta também contém antioxidantes que evitam o aparecimento de doenças crônicas, como câncer, e ajudam na prática de exercícios físicos, pois melhoram a circulação sanguínea, estimulando a contração dos músculos.

ESPINAFRE – Os carotenoides que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer não ajudam a manter a barriga sequinha, mas as poucas calorias do espinafre, sim. Uma xícara da folhagem verde tem 40 calorias, enquanto a mesma quantidade de brócolis tem 55 calorias e só 20% das fibras diárias. O espinafre também é uma boa fonte de cálcio, ingrediente essencial para contração muscular, ajudando assim quem pratica exercícios físicos.

IOGURTE – Pessoas que obtém cálcio do iogurte mais do que de outros alimentos têm mais facilidade para perder peso, segundo estudo publicado no “International Journal of Obesity”. A bactéria probiótica presente na maioria desses produtos ajuda no sistema digestivo e faz com que a pessoa tenha menor incidência de gases, inchaço e constipação intestinal, ajudando a ficar com a barriga sequinha. O ideal é consumir de um a três copos de iogurte com poucas calorias.

SOPA DE LEGUMES – Pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia identificaram que pessoas que ingeriam sopas com baixo teor de gordura duas vezes por dia perderam mais peso do que os que consumiam a mesma quantidade de calorias em salgadinhos. Quem comeu sopa ainda manteve uma perda média de sete quilos. O indicado é consumir sopa de legumes todos os dias.

SALMÃO – O salmão, bem como outros peixes, é uma excelente fonte de ômega-3 e ácidos graxos. Essas gorduras saudáveis ajudam a promover a queima de gordura, deixando o metabolismo mais eficiente. Um estudo australiano mostrou que pessoas obesas que comeram peixe diariamente melhoraram a resposta da glicose à insulina. Dessa forma, os frutos do mar ajudam a manter a digestão mais lenta aumentando a sensação de saciedade.

QUINUA – Indicado por muitos profissionais a todos que querem emagrecer, o grão de quinua tem fibras responsáveis por aumentar a sensação de saciedade. Meia xícara deste grão contém 5 gramas de fibras e 11 de proteínas. (…).

Fonte: Reportagem retirada do Portal Uol no dia 28 de maio de 2013:

http://boaforma.uol.com.br/album//2012/05/04/alimentos-que-ajudam-a-definir-o-abdome.htm?abrefoto=9#fotoNav=1

” Ingredientes:

7 Unidade(s) de buquês de brócolis cozido e picado

3 Colher(es) de sopa de margarina

2 Unidade(s) de ovos

1 Xícara(s) de ricota fresca passada pela peneira

1 Cubo(s) de caldo de legumes Knorr Vitalie

1 Xícara(s) de farinha de trigo

1 Colher(es) de sopa de fermento em pó

margarina para untar a gosto

farinha de trigo para enfarinhar a gosto

 

Modo de Preparo:

1. Unte e enfarinhe 10 fôrmas de empada grandes (7 cm de diâmetro). Reserve.

2. Em uma panela, coloque os brócolis e leve ao fogo médio, mexendo sempre até secar. Retire e deixe esfriar.

3. Preaqueça o forno em temperatura média (180°C).

4. Em uma tigela média, misture a margarina, os ovos e a ricota.

5. Esfarele sobre a mistura o caldo de legumes Knorr Vitalie e misture.

6. Junte os brócolis reservado e a farinha e misture até obter uma massa pastosa.

7. Acrescente o fermento e misture delicadamente.

8. Coloque uma porção de massa nas fôrmas sem encher muito.

9. Arrume-as em uma assadeira grande e leve ao forno por 20 minutos ou até que, um palito depois de espetado na massa, saia limpo.

10. Desenforme, enquanto ainda estiverem quentes. Sirva quente ou frio.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 30 minutos a 1 hora ”

Fonte: Receita retirada do Portal Recepedia.com no dia 28 de maio de 2013:

http://br.recepedia.com/pais/receita/muffin-de-brocolis-com-ricota