Arquivo de junho, 2014

(…) “Eles são práticos, mas alguns alimentos fornecem os mesmos nutrientes”, afirma Daniela de Almeida, nutricionista esportiva (RJ). (…)

Substitua Whey Protein por ricota light

O queijo é produzido a partir do soro do leite, matéria-prima do suplemento Whey Protein. Uma fatia média garante 5 g de proteína de alto valor biológico, ou seja, que é facilmente absorvida pelo corpo.

Substitua BCAA por frango

O primeiro traz três aminoácidos essenciais (que o corpo não produz): leucina, isoleucina e valina. Mas eles também são encontrados na carne da ave, em cortes bovinos, peixe e quinoa.

Substitua LA por castanhas

O ácido linoleico, base do LA, é o responsável por acelerar a perda de gorduras, especialmente as que se concentram na região abdominal. Mas que tal trocá-lo por castanhas, azeite, linhaça, chia e peixes como salmão e atum, ricos na substância?

Substitua Caseína por iogurte desnatado

Por ser absorvido lentamente, o primeiro fornece proteína aos músculos até oito horas após o exercício. Assim, investir em outras fontes que também são absorvidas vagarosamente, como o próprio iogurte ou o leite de arroz, pode ser uma alternativa inteligente.

Substitua Albumina por clara de ovo

“Ela nada mais é do que a clara do ovo desidratada”, revela Daniela de Almeida. Uma unidade da parte branca garante 11 g de proteínas, contra 12 g de três colheres (sopa) do suplemento.

Substitua Creatina por carne vermelho

Um bife grande assegura 1 g da substância. Considerando que a dose indicada é de 3 g, três porções da proteína já asseguram o recomendado.

Fonte: Informação retirada do Portal corpoacorpo no dia 20 de junho de 2014:

http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/nutricao/alimentos-que-substituem-os-suplementos/5106

Anúncios

+ Benefícios do Gengibre

Publicado: junho 19, 2014 em Alimentação

Gengibre emagrece, extermina celulite e previne contra gripes title=

(…) a nutricionista Flávia Cyfer alerta para o jeito certo de ingeri-lo. “Nunca se deve esquentá-lo. Assim que estiver exposto ao calor, já era toda a ação benéfica dele. Tem que ser consumido fresco, cru”, ensina, ao indicar que uma boa opção é ralar um pedaço dele e colocar na salada, ou mesmo na salada de frutas. Também é uma alternativa batê-lo com sucos.

Contudo, também é preciso cautela. “Tudo tem que ter equilíbrio, quem come demais o alimento sente fortes incômodos no estomago. O indicado são dois pedaços de cerca de 3 cm diariamente, o que dá por volta de 2 colheres de chá do gengibre ralado”. Outra dica: coloque essa quantidade da raiz ralada em uma jarra de água e beba durante o dia inteiro.

(…)

Queima toxinas – ele estimula as enzimas do fígado a trabalhar e eliminar toxina. Quando isso acontece, o sinal da saciedade vem muito mais rápido, deixando a pessoa mais satisfeita e evitando comer demais.

Tem ação termogênica – Quanto menos toxina, a célula trabalha melhor, deixando o metabolismo acelerado e apressando a queima de calorias. Isso faz com que a pessoa perca essas medidas mais facilmente ao longo do dia.

Combate a celulite

(…) “Ele tem ação anti-inflamatória que ajuda muito a manter a pele lisa e sem celulite. Sempre recomento um suco bacana para ajudar a fugir delas”, conta Flávia. A receita: para uma medida de água, adicionar folhas de uma couve, capim limão fresco a gosto, um punhado de Goji Berry, uma colher de semente de chia, e um pedaço de menos de 3 cm de gengibre.

Gengibre contra gripe

“Ele é um dos melhores anti-inflamatórios naturais que existem. Tem forte ação na imunidade e permite abreviar várias doenças de caráter inflamatório, além de evitar doenças cardiovasculares, diabetes e outras”.(…)

(…)

Diminui gases – A sugestão da nutricionista é para que, quando abusar de comidas que estimulam a formação de gases (como o feijão), colocar gengibre na salada.

Diminui o enjoo – Isso significa que pode ser aliado das grávidas no início da gestação, além de ajudar quem anda de navio, que pode sentir o incômodo do balanço do mar.

Fonte: Informação retirada do Portal bolsademulher no dia 19 de junho de 2014:

http://www.bolsademulher.com/corpo/gengibre-emagrece-extermina-celulite-e-previne-contra-gripes/

 

Ingredientes:
1 copo de feijão preto (deixado de molho por 2 horas)
1 copo de arroz integral cateto (deixado de molho por 2 horas)
1/2 cebola vermelha, picada em cubinhos
2 colheres de chá de páprica defumada (veja onde encontrar)
½ xícara de coentro picado
1 copo de semente de girassol, tostada
4 dentes de alho picados
1 colher de chá de azeite de oliva extra-virgem
Sal marinho
Pimenta do reino

Modo de preparo:
Coloque o feijão pra cozinhar na panela de pressão por 30 minutos. Desligue e reserve. Enquanto o feijão cozinha, coloque o arroz pra cozinhar com 2 copos de água na panela comum, por 45 minutos. Se tiver arroz dormido na geladeira pode usar também. Quando o arroz estiver pronto, deixe esfriar e reserve. Coloque a cebola descascada no processador de alimentos e pulse até ficar picadinha. Retire do processador e passe para uma tigela. Combine o alho, especiarias, sal, sementes de girassol e azeite no processador de alimentos e pulse até a textura se assemelhar à farinha de rosca. Adicione o coentro e o pulse até o coentro estiver bem incorporado. Transfira a mistura para a tigela com a cebola. Coloque o feijão preto e um pouco de água no processador de alimentos e processe até ficar homogêneo. Adicionar esta mistura à tigela, juntamente com o arroz. Misture (de preferência com as mãos), completamente, e experimente o tempero – você pode querer adicionar mais sal , especiarias ou ervas neste momento. Pegue um pouco da massa de feijão e modele em forma de hambúrguer. Deve dar em média 8 hambúrgueres. Certifique-se que os hambúrgueres não são muito finos pois eles podem desmontar. Unte uma assadeira com azeite e leve ao forno por 30 minutos à temperatura de 200ºC. Alternativamente, você pode fazer na frigideira ou na grelha.

Rendimento: 6 a 8 unidades
Tempo total de preparo: 1 hora
Nível de dificuldade: médio

Fonte: Informação retirada do Portal gnt no dia 15 de junho de 2014:

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/salada-verde-cremosa-com-molho-de-abacate-receita-de-bela-gil.htm

Quibe de abóbora e ricota

Publicado: junho 14, 2014 em Receitas

Quibe de abbora com ricota (Foto: GNT)

Rendimento: 8 porções médias (uma assadeira pequena)
Tempo de preparo: 1 hora
Nível de dificuldade: fácil

Ingredientes:
250g de abóbora madura (em purê)
200g de ricota esfarelada
2 xícaras de chá de trigo para quibe
10 folhas de hortelã
1 cebola pequena
3 dentes de alho
Raspas de limão ou laranja
Sal a gosto

Modo de preparo:
Hidrate o trigo para quibe por 20 minutos com duas xícaras de água morna. Em um recipiente, misture o purê de abóbora, a ricota esfarelada e o trigo para quibe já hidratado. Corte as folhas de hortelã bem fininhas e acrescente à mistura.

Em uma frigideira, refogue a cebola e o alho picados no azeite. Em seguida, acrescente-os à massa do quibe. Ajuste o sal e acrescente as raspas de limão ou laranja, de acordo com a sua preferência.

Unte uma assadeira com um fio de azeite, disponha a mistura de forma homogênea e asse por 30-40 minutos a 200ºC.

Notas:
Pré-aqueça o forno por 10 minutos a 200ºC. Se preferir, ajuste o tempero com pimenta-do-reino.

Fonte: Informação retirada do Portal gnt no dia 14 de junho de 2014:

http://gnt.globo.com/receitas/receitas/quibe-de-abobora-e-ricota.htm